• Terça-Feira, 14 de Julho de 2020

Prefeito de Campo Grande do Piauí contrata escritório de contabilidade por R$ 14 mil mensais

Como são doze parcelas mensais de R$ 14.200,00 o valor total do contrato passa dos R$ 170 mil

Prefeito de Campo Grande do Piauí, Baiá (MDB) / Foto: Ascom

Por José Maria Barros/Informa Picos

Através do processo de inexigibilidade de licitação, o prefeito de Campo Grande do Piauí, João Batista de Oliveira, o Baiá (MDB), contratou por 14 mil e 200 reais mensais um escritório de contabilidade para prestar serviços ao município. 
           
O contrato foi assinado no último dia 10 de janeiro e se estende até 31 de dezembro de 2020. Como são doze parcelas mensais de R$ 14.200,00 o valor total chega a R$ 170.400,00. A fonte de recurso é o orçamento geral do município.
           
A empresa contratada é a Contap – Contabilidade e Assessoria Pública S/S Ltda ME, cuja sede fica situada à rua Coelho Rodrigues, 430, sala 101, centro de Picos.
      
O objeto da inexigibilidade de licitação é à contratação de empresa especializada para prestar serviços de assessoria contábil, na preparação de balancetes e prestações de contas junto ao TCE/PI, da Prefeitura Municipal, Fundo Municipal de Saúde-FMS, Fundo Municipal de Assistência Social – FMAS e FUNDEB do município de Campo Grande do Piauí.

Prefeito de Campo Grande do Piauí celebra contratos sem licitação/Foto: Ascom.
 

Sem licitação
           
Atendendo requisição do secretário municipal de Administração, o prefeito Baiá autorizou o mesmo a contratar de forma direta, com inexigibilidade de licitação, a empresa Contap – Contabilidade e Assessoria Pública S/S Ltda ME.
    
Assinada pelo presidente da Comissão Municipal de Licitação, Francisco Jailton de Oliveira, cópia do extrato de inexigibilidade de licitação foi publicada no Diário Oficial dos Municípios, edição do dia 3 de fevereiro, página 73.
 
Assessoria jurídica
           
Também de forma direta, com inexigibilidade de licitação, na mesma data o prefeito Baiá contratou por nove mil mensais a empresa Agrimar e Advogados Associados, localizada a Travessa Joaquim Leitão, 34, centro de Picos. 
 
O objeto da inexigibilidade de licitação é a contratação de empresa especializada para assessorar juridicamente a Prefeitura de Campo Grande do Piauí e suas Secretarias Municipais no âmbito da jurisdição do estado do Piauí e nos tribunais e órgãos/repartições estaduais e federais. Como o contrato tem validade de doze meses o valor total é de R$ 108 mil.
           
Somente com esses dois contratos, a Prefeitura Municipal de Campo Grande do Piauí vai gastar em 2020 a quantia de R$ 278.400,00.

Campo Grande do Piauí é um município pobre situado na região de Picos, que possui em torno de seis mil habitantes.


Contrato com escritório de contabilidade/Foto: Reprodução.
 

Contrato com escritório de advocacia/Foto: REprodução.
 


 

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também