• Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020

Padre Walmir rescinde contratos temporários de servidores da educação indicados por apadrinhamento

Assinado nesta quinta-feira, 21, decreto tem os seus efeitos retroativos ao dia 1º de maio de 2020

Prefeito de Picos rescinde contratos temporários / Foto: José Maria Barros

Por José Maria Barros/Informa Picos

Com as aulas da rede pública municipal de ensino suspensas desde o dia 16 de março, o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), rescindiu todos os contatos temporários e excepcionais celebrados com servidores lotados na Secretaria de Educação e que foram indicados por apadrinhamento político.

Assinado nesta quinta-feira, 21, pelo prefeito Padre Walmir, o decreto tem efeitos retroativos ao dia 1º de maio. Ou seja, os trabalhadores cujos contratos foram rescindidos, vão receber apenas o salário referente ao mês de abril, tendo em vista que no tocante a março o pagamento já foi efetuado pela gestão.

A rescisão unilateral de todos os contratos temporários e excepcionais atinge servidores dos mais diferentes cargos, todos eles lotados na Secretaria Municipal de Educação e que ingressaram no trabalho por indicação política.

Contratados eram lotados na Secretaria Municipal de Educação/Foto: José Maria Barros.
 

O decreto assinado hoje pelo Padre Walmir afeta motoristas, secretários de escolas, auxiliares de serviços gerais, professores, diretores e merendeiras.

Aulas suspensas

As aulas da rede municipal de ensino em Picos tiveram início no dia 2 de março e, foram suspensas em 16 do mesmo mês através de decreto assinado pelo prefeito Padre Walmir.

No documento, o gestor decreta medidas de emergência de saúde pública tendo em vista o enfrentamento a ameaça de propagação do novo coronavírus classificado como pandemia. 

A princípio, as aulas da rede pública municipal de ensino em Picos foram suspensas apenas quinze dias, mas, com a disseminação da doença o prazo vem sendo prorrogado a cada decreto e agora a suspensão se estendeu para o próximo dia 30 de junho. A medida atinge 58 unidades escolares espalhadas pela sede e interior do município.

Padre Walmir rescinde contratos com temporários/Foto: José Maria Barros.
 

Decreto foi assinado hoje pelo Pedre Walmir/Foto: Reprodução.
 


 

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também