• Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019

Pablo Santos deixa Fundação Hospitalar e retoma mandato na Alepi

Deputado Pablo Santos (MDB) nega que a decisão do grupo tenha provocado um mal-estar na base aliada

Deputado Pablo Santos volta para Alepi / Foto: Marcelo Cardoso/GP1

Os seis deputados que estavam licenciados da Assembleia para assumirem secretarias estão oficialmente de volta a Casa. Eles encaminharam o documento comunicando o retorno apesar da exoneração ainda não ter sido publicada pelo Governo do Estado. 

O deputado Pablo Santos (MDB), que comandava a Fundação Hospitalar, afirma que a volta se deve a votação das emendas parlamentares e do orçamento previsto para 2020. Os parlamentares querem garantir que os municípios que representam recebam recursos. 

“Os seis deputados protocolaram seu retorno. Só aguardando as exonerações. Vejo com naturalidade. No Governo Federal os deputados voltam quando se precisa votar alguma coisa de interesse deles. Voltamos de forma coletiva para votar o empréstimo para beneficiar nossos municípios e, também, a questão do orçamento. Sabemos que a emenda é impositiva. O deputado titular é que vai destinar as emendas para seus municípios”, afirmou. 

Pablo nega que a decisão do grupo tenha provocado um mal-estar na base aliada. Ele nega qualquer arranhão na relação com o governador. 

“Não fica nenhum arranhão. Deixamos bem claro que nosso foco, que nossa vinda para a Assembleia vai até o orçamento. Depois eles voltam para Assembleia. Não houve participação do governador. Foi definição dos colegas. Sabíamos que coletivamente teríamos força. Ele sempre respeitou nossa posição”, destacou.
 

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também