• Domingo, 19 de Maio de 2024

Calçamento com postes no meio de rua causa transtornos aos moradores de Geminiano

O serviço é de responsabilidade do governo do estado e vem sendo executado há cerca de dois anos

Calçamento com postes no meio da rua / Foto: TV Clube

O calçamento de uma rua com postes no percurso da obra tem causado transtornos para a população da localidade Agrovila de Ambrósio, zona Rural de Geminiano, município localizado na região de Picos.

A obra é realizada pelo Governo do Estado, executada há cerca de dois anos, e o calçamento ainda não chegou nem na metade do trajeto. No total, 140 famílias enfrentam as consequências da demora na conclusão do serviço.

Apesar da espera, a maior reclamação dos moradores são os pilares localizados em meio à avenida, pois o que era a expectativa de um sonho tornou-se pesadelos para eles.

Calçamento com postes no meio da rua/Foto: TV Clube.
 

É o que conta o agricultor Antônio Raimundo. “Quando chegou a primeira pedra, todo mundo ficou feliz, porque a gente estava na poeira”, diz. Para a dona de casa Vanessa Kelly, a obra era muito esperada, porque tratava-se de um benefício para comunidade.

O impasse tem implicado em problemas com a coleta de lixo, tráfego de veículos e impedido estudantes de usufruir do ônibus escolar. “O ônibus não passa nessa rua. Passa na rua de trás, pois aqui não tem condição. Os alunos ficam na rua anterior ou no início da outra”, fala a estudante Eliane Batista.

A aposentada Suerda Maria relata que, após o início do empreendimento, o trabalho de garis foi prejudicado. Os profissionais têm que se deslocar mais, para realizar a limpeza pública.

“Está muito prejudicada a coleta de lixo. Ultimamente, quando era em frente à minha casa, eu vinha, deixava o lixo ou os garis pegavam, agora eles estão vindo aqui e o pessoal vem com o lixo, ou eles vêm buscar e trazem no ombro”, conta.

Presidene da Associação de Moradores/Foto: TV Clube.
 

A presidente da associação dos moradores, Mércia Rodrigues,  afirma que não há uma previsão para que os postes sejam retirados da via. “A obra está atrasada e a preocupação é essa: quando é que vão ser retirado os postes?’. A gente quer obra, a gente quer que olhem para gente, mas que venham trazer serviços bons e de qualidades”, desabafa.

Nota da Equatorial

Em nota, a Equatorial Piauí informou que os postes foram instalados antes da pavimentação da rua do município, obedecendo aos limites de arruamento que existiam. A concessionária disse ainda que a Prefeitura de Geminiano deve solicitar formalmente o serviço junto à distribuidora, para a produção do projeto de orçamento da obra, e deslocamento da rede.

Fonte: Portal Clubrenews

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também