• Terça-Feira, 14 de Julho de 2020

Suspeito de assassinar adolescente grávida é encontrado morto em Itainópolis

João Ferreira de Sousa Filho, de 46 anos, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29, no povoado Tombador

Suspeito de crime bárbaro é encontrado morto / Foto: Polícia Militar

O ex-presidiário João Ferreira de Sousa Filho, 46 anos, suspeito de assassinar a jovem Maria Aparecida Espírito Santo de Morais, 18 anos, e que estava grávida de sete meses, foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira, 29. O corpo do criminoso foi localizado no povoado Tombador, zona rural de Itainópolis.

O corpo de João Filho, que vivia com uma tia da vítima, foi encontrado por policiais militares que estavam em diligência para prendê-lo. Ele estava atrás da residência onde residia. Peritos foram até o local para os procedimentos de praxe.

Segundo o comandante do 4º Batalhão Policial Militar, com sede em Picos, tenente-coronel Edwaldo Viana, de início se pensava que um membro da família da vítima o tivesse matado, mas depois foi constatado suicídio.

De acordo com o coronel Edwaldo Viana, o povoado em que o corpo do suspeito foi localizado fica a uma distância de 10 a 15 quilômetros do local em que a gestante foi encontrada morta.
     
A grávida Maria Aparecida Espírito Santo Morais foi morta a facadas na cidade de Itainópolis, na região de Picos. O corpo da jovem foi encontrado na manhã de domingo (28). O bebê morreu dentro da barriga da mãe, gestante de sete meses. 

Ex-presidiário
    
O comandante do 4º BPM confirmou ainda que João Batista era ex-presidiário e estava em liberdade há mais de dez anos. “Ele havia sido preso por ter matado um adolescente no povoado Cristovinho, zona rural de Picos. Ele teria cometido esse homicídio contra o menor de idade, mas já tinha cumprido a pena. Pelo que me informaram, esse adolescente seria filho de uma mulher dele [João Filho] e que não aceitava o relacionamento. Para se vingar ele teria cometido esse homicídio”, afirmou o coronel Viana.

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também