• Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019

Obra de construção de teatro em Picos fica apenas na terraplanagem

Um ano e seis meses após a assinatura da ordem de serviço até o momento foi feita somente a terraplanagem do terreno

Obra de construção de teatro em Picos não saiu do papel / Foto: José Maria Barros

Por José Maria Barros

Anunciada com estardalhaço pelo vereador Wellington Dantas (PT), a obra de construção do Teatro de Picos não saiu do papel. Uma ano e seis meses após a assinatura da ordem de serviço, foi feita apenas a terraplanagem do terreno, situado em frente à Universidade Federal do Piauí, Campus Senador Helvídio Nunes de Barros, no Junco.

Obra foi anunciada com estardalhaço pelo vereador Wellington Dantas/Foto: José Maria Barros.
 

A reportagem do Informa Picos visitou o terreno e constatou que não existe nenhum maquinário ou operário trabalhando na construção do prédio. Tem apenas a placa com as informações sobre a obra, que deveria ser concluída num prazo de doze meses.
    
A obra está orçada em R$ 1.490.545,61 e a empresa contratada para prestação dos serviços de construção e modernização do Centro Cultural de Picos foi a Construservice Serviços Gerais Ltda, com endereço à rua Acésio do Rego Monteiro, 1630, bairro Ininga, Teresina. O responsável técnico é o engenheiro civil Fabiano de Cristo Castelo Branco.

Local da obra antes da terraplanagem: puuca coisa mudou/Foto: José Maria Barros.
 

Através da modalidade tomada de preços, a obra foi licitada e o contrato com a empresa vencedora da concorrência, a Construservice Serviços Gerais Ltda assinado no dia 5 de janeiro de 2018. A empresa tinha um prazo de doze meses para concluir a construção do prédio, porém, até o momento foi feita somente a terraplanagem do terreno.

Obra já deveria ter sido concluída, mas, sequer saiu da terraplanagem/Foto: José Maria Barros.
 

Novas promessas
    
Ao participar de Encontro Regional da Famcc no dia 9 de março deste ano, o então secretário estadual de Cultura, deputado Fábio Novo (PT), prometeu novamente a construção do Teatro de Picos, porém, mais uma vez decepcionou a comunidade, pois, até o momento foi feita apenas a terraplanagem do terreno.
    
Na ocasião, ao falar sobre o tema, o deputado Fábio Novo foi enfático. “Semana passada acertamos com o governador Wellington Dias (PT) e, ele deve fazer as primeiras liberações de recursos a partir de abril e, com certeza queremos que essa obra fique pronta até o fim do ano” – anunciou o então secretário estadual de Cultura.

Construção de teatro em Picos fica apenas na promessa/Foto: José Maria Barros.
 

Passados sete meses do anúncio, Fábio Novo deixou a Secretaria de Cultura, retomou o seu mandato de deputado estadual e o sonho dos picoenses de terem um teatro fica cada vez mais distante.

Deputado Fábio Novo descumpre promessa feita aos picoenses/Foto: Lucas Dias/GP1.
 

No último dia 13 de julho, quando ainda era Secretário Estadual de Cultura, o deputado Fábio Novo cumpriu agenda em Picos e visitou o terreno destinado a construção do Teatro. Ao lado de correligionários, acompanhou o trabalho de terraplanagem que estava sendo executado.
    
“As obras já foram iniciadas! Nossa intenção é inaugurar o primeiro teatro de Picos no próximo ano. Assim, a cidade poderá fazer parte do circuito cultural e receber projetos, a exemplo do Seis e Meia, que já acontece na capital e em mais seis municípios piauienses” – escreveu Fábio Novo em sua página na Internet.
    
Ordem de serviço

Fábio Novo assina ordem de serviço para construção do teatro em Picos/Foto: Ascom.
 

Durante solenidade realizada na noite de 6 de abril de 2018 no auditório da UFPI, a então vice-governadora, hoje deputada federal Margareth Coelho (PP), assinou a ordem de serviço para construção e modernização do Centro Cultural de Picos. O ato contou com a presença do deputado Fábio Novo (PT), prefeito Padre Walmir, secretária estadual de Cultura, Bid Lima, vereador Wellington Dantas (PT), dentre outras autoridades.

Vista atual do terreno destinado a construção de teatro em Picos/Foto: José Maria Barros.
 

Um ano e seis meses após a assinatura da ordem de serviço, foi feita apenas a terraplanagem do terreno. A obra continua paralisada e não existe qualquer previsão de quando realmente será iniciada. Por enquanto, apenas promessas.

Padre Walmir assina ordem de serviço para construção de teatro em Picos/Foto: Ascom
Terreno fica em frente ao Campus da UFPI em Picos/Foto: José Maria Barros.
Após um ano e meio da assinatrua da ordem de serviço, obra nunca foi iniciada/Foto: José Maria Barrios.

 

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também