• Sexta-Feira, 05 de Junho de 2020

Colunas

Fora do páreo

Embora não tenha se manifestado publicamente ainda sobre o assunto, o certo é que a diretora do Centro Integrado de Especialidades Médicas (CIEM), jornalista Maria de Sousa Santana, não é mais pré-candidata a nenhum cargo eletivo em Picos este ano. Com o apoio do prefeito Padre José Walmir de Lima (PT), por um bom tempo ela foi o nome da base aliada na disputa pelo Palácio Coelho Rodrigues. Atropelada pela cúpula estadual do PT, liderada pelo deputado Assis Carvalho, Santana tentou emplacar como vice do empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho (PT). Para alcançar tal objetivo ela deixou o PT e se filiou ao PL, porém, outra vez a estratégia não deu certo.

Intenção ou intensão?

Prática comum no município de Picos, sites de notícias continuam copiando e colando material do concorrente e, os fazem sem a preocupação de ao menos corrigir expressões que por ventura estejam escritas de forma incorreta, por exemplo, quando possuem grafia ou som parecido, mas significado diferente. Foi o caso da notícia sobre o resultado da nova pesquisa de intenções de votos para o Palácio Coelho Rodrigues. O autor do texto reproduzido à exaustão confundiu intenção (ato planejado, disposição) e grafou intensão (aumento da tensão). Na realidade, a pesquisa aponta que os pré-candidatos a prefeito de Picos têm intenções de votos e não intensão.

Reforma do secretariado

Por imposição da legislação eleitoral o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT), será obrigado a promover uma reforma no seu secretariado até o próximo dia 4 de abril. É que nesta data se encerra o prazo para os detentores de cargos públicos que desejam disputar uma vaga de vereador se desimpatibilizarem. A determinação está contida na Lei Complementar nº 64/1990 (Lei de Inelegibilidades).

Nada definido

A chapa majoritária composta por Gil Paraibano (Progressisstas) de prefeito e José Néri de Sousa (PTB) de vice por enquanto não passa de um sonho. Pelo menos é o que afirma o líder da oposição na Câmara Municipal, vereador Francisco das Chagas de Sousa, o Chaguinha. Segundo ele, até agora o PTB não se reuniu para tratar sobre alianças, o resto não passa de especulação.

Candidatos a vereador

Como em Picos pelo menos cinco ocupantes de cargos púbicos pretendem disputar uma cadeira na Câmara de Vereadores, o prefeito Padre Walmir precisa fazer essa reforma no seu quadro de auxiliares. Sendo, Filomeno Portela Richard Neto (PSD) deve deixar a secretaria municipal de Obras, Habitação e Urbanismo. Iata Anderson Rodrigues de Alencar Coelho (PSB) sairá da secretaria de Cultura e Adonai Venâncio de Sousa Castro se afastará da Secretaria de Esportes e Lazer.

Outros nomes

O Tesoureiro municipal, Raniery Dantas Lima, sobrinho do Padre Walmir, deixará o cargo para buscar o mandato de vereador. O mesmo deve fazer o coordenador municipal da Juventude e presidente da Sociedade Esportiva de Picos, Rodrigo Santos Lima (MDB).

Mistério

Permanece um mistério a composição da nova diretoria executiva do PT de Picos. Quase cinco meses após a eleição do diretório, ainda não aconteceu à posse solene e nem se tem conhecimento dos membros que comporão a direção da legenda. Até agora se tornou público apenas o nome do presidente eleito, vereador Wellington Dantas.

Carga horária

Em portaria assinada no último dia 3 de fevereiro o prefeito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT) concedeu aumento de carga horária de 20 horas para 40 horas semanais, com proventos proporcionais, a professora Edvania Barros Lima. Para adotar a medida o gestor justificou que se trata de interesse da administração municipal. Desde o dia 12 de novembro do ano passado que a professora ocupa o cargo de Secretaria Municipal de Educação.