• Domingo, 25 de Outubro de 2020

Prefeito Padre Walmir e vice Edilson Carvalho ficam fora da campanha eleitoral em Picos

Os dois políticos não compareceram a nenhuma das convenções partidárias realizadas em Picos

Padre Walmir e Edilson Carvalho estão fora da campanha eleitoral em Picos / Foto: José Maria Barros

POR JOSÉ MARIA BARROS/INFORMA PICOS

Protagonistas no pleito de 2016, quando foram eleitos prefeito e vice de Picos, respectivamente, o Padre José Walmir de Lima, sem partido, e o vice, empresário Edilson Alves de Carvalho (PTB), estão fora da campanha eleitoral deste ano.
    
Nos dias 11, 12, 15 e 16 de setembro, foram realizadas as convenções partidárias que homologaram as candidaturas a prefeito e vice-prefeito de Picos, bem como dos postulantes a uma das quinze vagas no legislativo. Nenhuma dessas convenções contou com a presença do prefeito Padre Walmir e nem do vice-prefeito Edilson Carvalho.

Solenidade de posse de Padre Walmir e Edilson Carvalho/Foto: José Maria Barros.
 

Candidatos pela coligação “É Com trabalho que a gente segue”, formada pelos partidos do PT/PTB/PDT/PMDB / PSL / PTN / PMN / PTC / PSB / PEN / PPL / PSD / PC do B e PSDB, Padre Walmir e Edilson Carvalho venceram as eleições em 2016 com 20.133 votos, percentual equivalente a 48,13% dos votos válidos. A diferença em relação ao segundo colocado foi de 602 votos.
    
Os dois romperam politicamente no dia 28 de junho de 2018, numa disputa pela presidência da Câmara Municipal de Picos. Desde então, o partido do vice Edilson Carvalho, o PTB, passou a fazer oposição ao prefeito Padre Walmir.

Situação do Padre Walmir

Prefeito Padre Walmir está isolado politicamente/Foto: José Maria Barros.
 

Isolado politicamente desde o dia 27 de julho deste ano, quando rompeu com o grupo que apoia a candidatura ao Palácio Coelho Rodrigues do empresário Francisco da Costa Araújo Filho, o Araujinho (PT), o prefeito Padre Walmir não pode comparecer a convenção dos ex-aliados.
    
Rejeitado publicamente pelo grupo que apoia a candidatura a prefeito do empresário Gil Marques de Medeiros, o Gil Paraibano (Progressistas), principalmente pelos líderes do PTB, deputado Nerinho e o candidato à vice José Néri de Sousa, Padre Walmir também não foi à convenção dessas agremiações.

Situação de Edilson Carvalho 

Vice-prefeito Edilson Carvalho se mantém em silêncio sobre a sucessão/Foto: José Maria Barros.
 

Embora seja filiado ao PTB e considerado como uma das principais lideranças da agremiação, o vice-prefeito Edilson Carvalho não participou da decisão do partido em se coligar com o Progressistas e apoiar o nome de Gil Paraibano como candidato a prefeito.
    
Edilson Carvalho também não esteve na convenção conjunta do PTB com o Progressistas ocorrida no último dia 11 de setembro e, nem em qualquer outro encontro da sigla para tratar sobre as eleições municipais deste ano.

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também