• Sábado, 22 de Fevereiro de 2020

Prefeita de Santana do Piauí contrata Escritório de Contabilidade por R$ 14 mil mensais

Como são doze parcelas mensais o valor total do contrato é de 168 mil reais

Prefeita Maria José vai gastar R$ 168 mil com assessoria contábil / Foto: José Maria Barros

Por José Maria Barros

Através do processo administrativo na modalidade inexigibilidade de licitação, a prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura (PP), contratou no último dia 20 de janeiro por R$ 14 mil mensais, um escritório de contabilidade para prestar serviços de assistência contábil.
    
Como o contrato tem validade de um ano, com parcelas mensais de R$ 14 mil, o valor total que será gasto pela Prefeitura de Santana do Piauí com o serviço chega a R$ 168 mil. A empresa contratada é a Contap – Contabilidade e Assessoria Pública S/S Ltda, com sede em Picos.

Inexigibilidade
    
O objeto da inexigibilidade de licitação é a contratação de pessoa jurídica para serviços de assessoria contábil, na preparação de balancetes e prestação de contas da Prefeitura Municipal, Fundo Municipal de Saúde-FMS, Fundo Municipal de Assistência Social-FMAS e Fundeb do município de Santana do Piauí para o exercício de 2020.
    
O contratante é a Prefeitura Municipal de Santana do Piauí e contratada a empresa Contap – Contabilidade e Assesoria Pública S/S Ltda. Serão doze parcelas mensais de R$ 14 mil, importando um valor total de R$ 168 mil. A vigência a partir da assinatura do contrato, 20 de janeiro, até 31 de dezembro de 2020.
    
Para cumprir com o contrato, a prefeita de Santana do Piauí, Maria José vai utilizar como fonte de recursos FPM, IPVA, ICMS, arrecadação e outras receitas próprias.
    
O termo de ratificação autorizando a contratação da empresa através da inexigibilidade de licitação foi assinado pela prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura no último dia 20 de janeiro. O extrato de contrato foi assinado na mesma data pela presidente da Comissão Permanente de Licitação, Maria de Fátima Moura.
As cópias dos dois documentos foram publicadas no Diário Oficial dos Municípios, edição do dia 23 de janeiro, página 280.

Desmembrado de Picos, Santana do Piauí é um município pobre com menos de cinco mil habitantes.


Cópia do extrato de contrato/Foto: José Maria Barros.
 


 


Cópia do termo de ratificação assinado pela prefeita/Foto: José Maria Barros.
 

 

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também