• Domingo, 18 de Agosto de 2019

Polícia investiga triplo homicídio em Paulistana

A primeira informação é que os três homens foram mortos com disparos na cabeça, mas a motivação do crime ainda é desconhecida

Chácara onde aconteceu o triplo homicídio / Foto: FN Notícias

A Polícia Militar investiga um triplo homicídio na cidade de Paulistana. De acordo com informações do Major Antônio Milton, as vítimas foram localizadas em uma chácara ainda em construção na localidade Poço de Areia, distante cinco quilômetros da cidade.
 
A primeira informação é que os três homens foram mortos com disparos na cabeça, mas a motivação do crime ainda é desconhecida. Não há ainda indícios de quem teria efetuado os disparos, se foi uma ou mais pessoas.

O Major Antônio Milton afirma que a perícia  trabalha para encontrar pistas do assassino. Entre os mortos encontra-se  o  caseiro do local identificado como Kleidivaldo dos Santos Silva, que é natural de Paulistana. 

Os outros dois homens mortos são identificados como Wellington Morais de Assis e Rafael, que não teve o sobrenome revelado. Major Antônio afirma que a história da morte dos três homens está “mal contada”.

Curiosos observam cenário do crime/Foto: FN Notícias.
 

Ele afirma que a polícia investiga as informações que foram passadas pelo dono da chácara, que não teve o nome revelado.

“No momento apuramos a  história contada pelo dona do local. É uma história muito mal contada. Diz que os dois homens estavam na chácara desde terça-feira. Ele conheceu os dois há pelo menos um  meses. Eles teriam chegado na chácara quando vinham de Petrolina, Pernambuco, e o carro que dirigiam quebrou. Eles  vieram em uma moto para a chácara. Queriam um  local para ficar e ficaram. É uma história mal contada. As vítimas teriam dito que em seguida iriam para Cajazeira na Paraíba. A perícia vai ajudar a descobrir a motivação e o assassino”, destacou. 
 

Compartilhe:

Comentar

0 Comentários

  1. Nenhum comentário registrado para esta matéria. Seja o primeiro!

Veja Também